Sonic The Hedgehog: Outside N'Counter

Tempo estimado de leitura: 14 horas

    12
    Capítulos:

    Capítulo 20

    Prólogo da Temp 2 - Espécie Ameaçada: uma nova esperança

    Violência

    Olá a todos. Espero que estejam gostando da história.

    Abaixo está escrito o prólogo de uma nova saga. Uma temporada inteiramente inédita, onde eu irei tentar incluir certos eventos.

    Como todos sabem (ou não) a HQ da Archie Comics sofreu um Reboot por causa de processos de propriedade intelectual por Ken Penders, que foi um dos responsáveis diretos com muitos plots e personagens na HQ durante anos. Por causa disso muitos personagens deixaram de existir, sem ter um fim digno e atrapalhando o entendimento da história/arco da saga Genesis.

    Então, com isso, eu irei dar continuidade nessa fanfic com o que aconteceu com o povo equidna. Ou seja, agora os assuntos pendentes de Knuckles serão finalmente resolvidos e descobertos por vocês (sob meu ponto de vista).

    Prometo a vocês o mesmo empenho da primeira temporada.

    Obrigado pelo suporte. Vocês são demais.

    Boa leitura e divirtam-se.

    Bem vindos ao mundo do planeta Mobius -- um mundo único e além do que você conhece dos jogos da SEGA! Onde Sonic e os heróicos Lutadores da Liberdade batalham para salvar o mundo das forças do mal!

    Anteriormente em Sonic The Hedgehog: Outside N'Counter

    A terrível batalha em Nova Mobotrópolis havia terminado. O reinado de Naugus havia chegado ao fim. E um evento oportuno trouxe ajuda e auxílio aos Lutadores da Liberdade: Vicent Pierre. O jovem humano de longos cabelos apareceu em suas vidas, ajudando Sonic e seus amigos a salvar a princesa Sally, que estava robotizada, e deu equilibro a luta contra o mago Ixis na cidade. Com a união dos Lutadores da Liberdade Secretos, Macaco Khan e até mesmo Geoffrey, conseguiram banir Ixis Naugus para a Zona do Silêncio. Sob muito sacrifício, nossos heróis esgotaram seus esforços e trouxeram novamente a paz a cidade.

    Porém quase houveram baixas. Vicent, que detém um poder descomunal de super força, adoeceu por ter absorvido poder Ixis e foi internado as pressas. Doutor Quack, médico da cidade de Nova Mobotrópolis, o salvou dessa vez, com a ajuda de Merlin Prower, tio de Tails e mago do continente de Mércia. Junto a ele estava Geoffrey, que quase foi morto por se sacrificar em prol de todos que estavam na Câmara de Passagem, um lugar escondido pelo tempo abaixo do Castelo Acorn. Por sorte nossos heróis estão bem.

    Enquanto tudo isso se desenrolada, no deserto Sand Blaster, uma batalha ferrenha era travada na refinaria Oil Ocean, base de abastecimento e armamento do domínio de Eggman e lar dos Legionários Sombrios do Deserto, liderados por Beauregard Rabbot, mais conhecido como Barão. Sua sobrinha, Bunnie Rabbot D'Coolette, coelha lutadora da liberdade, buscou ajuda a seu tio: Naugus a havia curado totalmente de sua robotização, mas que não foi bem aceito por ela a seguir. Por ver seu marido, Antoine D’Coolette, também lutador da liberdade e líder da guarda Acorn, estava internado depois de se sacrificar para proteger seu rei, Elias Acorn, e saber que sua melhor amiga, a princesa Sally Acorn, havia sido transformada em um robô assassino, foi atrás de uma solução para sua situação. Embora Barão tenha insistido para que não fosse feito isso, Bunnie decidiu ser legionada, pedindo para que fosse implantado novamente seu braço esquerdo robótico, assim como suas pernas.

    Mas nada disso foi algo tranquilo. Além do procedimento delicado de legionização, um inimigo terrível estava prestes a mudar definitivamente o quente deserto Sand Blaster: Jack Coelho. Líder do grupo de renegados chamado Sand Blasters e ditador da cidade de Sand-Blaster, o coelho caolho atacou a refinaria enquanto Rotor, Amy, Tails, junto com seu robô de estimação, T-pup, e Big estavam a procura de sua amiga. Depois de uma intensa batalha contra robôs modificados por Jack que pertenciam ao império de Eggman, conseguiram invadir a refinaria e mantiveram todos os Legionários Sombrios do Deserto como reféns.

    Jack então destruiu a máquina onde Bunnie estava sendo mantida para terminar o processo de legionarização e, com isso, teve sua suposta morte confirmada. Mas pela refinaria ser um lugar muito instável no que se diz respeito a segurança, faíscas da máquina fizeram com que uma imensa explosão ocorresse, trazendo muito fogo e desespero. Com os lutadores da Liberdade sofrendo com as chamas, restou a Rotor uma única saída: chamar socorro pelo rádio, este que, enquanto Naugus estava reinando, teve seus sinais bloqueados, impedindo qualquer comunicação externa. Mas no momento imediato que haviam derrotado o mago em Nova Mobotrópolis, Rotor se pautou em fé e arriscou. Mesmo de forma breve, conseguiu comunicação com Nicole e, rapidamente, Sonic seguiu a toda velocidade até a refinaria.  

    Enquanto isso, Jack Coelho estava quase aniquilando seu arqui inimigo, Barão. Com a situação na refinaria se tornando caótica, com todos os Lutadores da Liberdade e Legionários Sombrios do Deserto prestes a terem seu fim, eis que surge Bunnie em polvorosa, nocauteando Jack e salvando seu tio. Suas habilidades estavam tão afiadas que antes mesmo de salvar seu tio já havia feito o mesmo a seus amigos e boa parte de Legionários Sombrios do Deserto. A batalha agora foi para salvar a refinaria, lugar onde os Legionários tinham como seu lar. Com a ajuda de Sonic, finalmente salvam os Legionários restantes e apagam todo o fogo da refinaria, usando um reservatório de água abaixo do deserto. Com todos salvos, Bunnie poupou Jack Coelho, mas em troca ordenou para que deixasse Oil Ocean pra sempre sob a ameaça de sofrer retaliação caso volte a fazer novamente suas atrocidades. Dito e feito, Jack, junto com os Sand Blasters, fugiram com o rabo entre as pernas em direção a cidade Sand-Blaster, com Jack calado e atônito.

    E no futuro de Mobius...

    Silver havia retornado a seu futuro. Ou assim deveria ser, já que tudo estava diferente. Com a ideia de que havia de fato salvado seu futuro, foi surpreendido por explosões no centro de uma suposta cidade. Chegando até o centro, próximo a um castelo familiar, viu uma figura usando um manto que atacava guardas que, depois de entrar em combate, Silver retirou a vestimenta dessa pessoa: era Metal Sonic, que insistia em querer entrar no castelo. O ouriço prateado impediu que o fizesse e pediu explicações. Metal disse que precisava por as mãos no Modulador temporal, artefato que poderia levá-lo o passado para mudar o futuro. Silver então foi informado que Mamute Mogul, seu mestre, se tornou rei do Castelo Acorn, e onde os problemas em toda Mobius começaram. Estranhando tudo isso, decidiu ajudar Metal Sonic para entrar no castelo. Já em seu interior, foi recebido por Mogul que, o levando a uma sala especial, selada as escondidas por seus poderes mágicos, explicou que Mobius foi completamente destruída e que a cidade era uma fração do que restou. Disse também que alguém que “o nome que que ninguém sabe” tem controle de tudo e de todos e que pode ouvir quem estiver na cidade.

    Com isso, Mogul pediu para que Silver saísse do Castelo e o esperasse, enquanto resgatava Metal, que se deixou ser capturado pelos guardas para entrar no castelo, e entregou o Modulador Temporal ao robô, fugindo em seguida do Castelo Acorn. Com a fuga, usando o pouco que restou de seus poderes, jogou Metal Sonic e Silver para fora dos domínios do Castelo e, como último suspiro, pediu para que seu pupilo não desistisse de seus ideiais e que retornasse ao passado para mudar o terrível futuro que se tornou Mobius. Enquanto dizia, seu corpo se transformava em pedra, coisa que ocorreu em todo seu corpo em seguida, na frente de Silver. O trauma foi grande.

    Metal Sonic então pegou Silver em seus braços e o levou para longe da cidade, precisamente em uma densa floresta escura e fria. O ouriço prateado, sentado em um tronco de árvore quebrado, lamentava a perda de seu mestre. Metal Sonic tentou de várias formas o trazer a razão, mas em vão. Silver estava triste e, sabendo que seria perda de tempo, o robô assassino jogou um dardo tranquilizante no ouriço, fazendo-o dormir. Quando acordou, estava deitado a uma cama e, ao seu lado, foi recebido por Mera-li, uma linda equidna. Logo foi apresentado a Racer, um ouriço parecido com Sonic, mas com um de seus olhos biônicos. E também a Ridge, irmã de Racer. A ouriço rosa logo explicou que eram descendentes de Amy Rose. E eis que Dust, um híbrido, com espécie indefinida, entrou no recinto, que na verdade se tratava da base secreta dos Guerreiros da Liberdade, que tinham também Metal Sonic como aliado. Mas Dust era especial: era filho de Shadow Ouriço. E daí partiu um problema.

    Dust explica então a Silver que sua presença alí foi a causa do futuro de Mobius: o ouriço não voltou para o futuro; ele seguiu inerte ao tempo, indo para frente no relógio, até chegar ao futuro sombrio que Mobius se tornou. Mesmo duvidando desse detalhe, Silver quis ouvir mais e isso trouxe ainda mais desilusões: seu mentor, Edmund Equidna, sumo sacerdote do povo equidna, foi encontrado morto e colocado em um domo ligado a um computador. A máquina conseguiu trazer a tona todo o esquema que Silver estava tentando fazer com o andamento do tempo. A energia gerada com o fluxo temporal da esmerada Chronos criou a onda Geinz, que nutriu o espaço tempo e mudou completamente a história. No fim, Silver descobriu o verdadeiro traidor: ele mesmo. Foi ele o culpado pelas mudanças do espaço tempo. Ele perdeu todo o andar do tempo e, com isso, se tornou o ser mais antigo de toda Mobius.

    Amargurado por seu erro, Silver caiu em depressão, sendo acudido do Mera-li, que lhe perguntou como era o céu. O ouriço prateado não entendia o porquê da pergunta e a bela equidna o levou para fora da base: todo o planeta estava morto. Silver não acreditava no que estava vendo, pois seu futuro se tornou pior do que estava antes. Retornando ao interior, o ouriço viajante do tempo entrou a revelia a reunião dos Guerreiros da Liberdade, atitude essa que trouxe mal estar entre os membros, principalmente a Dust, que ignorava sua presença. Mas Silver o encarou, discutindo sobre o que deveria fazer para que mudassem o mundo. Por uma votação, os membros do grupo permitiram que ele fizesse parte do time, mesmo com a negativa de Dust.

    O híbrido líder dos Guerreiros da Liberdade então explicou que a única forma de energizar o Modulador Temporal era com energia cósmica, ou seria, energia inatural. Usando seus poderes, junto as informações colhidas de Edmund, conseguiu rastrear um foco de energia ao norte de Mobius, justamente em Knothole, antiga cidade onde sonic e seus amigos viviam antes de um ataque de Eggman a duzentos anos atrás. Chegando lá, começam a procura, quando tudo o grupo é envolvido por uma névoa negra. Com todos sumidos, Silver se viu sozinho ante seus medos, com uma voz lhe dizendo que sua presença alí era um erro. Cambaleando e tonto, o ouriço acaba desmaiando, caindo em um sono profundo em seguida. Quando acordou, estava em um lugar bem arrumado, como se fosse uma casa. E eis que uma bela esquilo o recebe, dizendo que se chamava Sarah Acorn. Silver recebeu a notícia com bastante incredulidade...

    Uma descendente dava família Acorn viva? Muita coisa ainda está por vir pelo visto no futuro sombrio de Mobius...

    Anteriormente, na HQ Sonic The Hedgehog da Archie Comics número 243 a 246.

    Albion, terra natal do povo equidna.

    Situado no continente de Mércia, Albion passou por muitos problemas ao longo da história de Mobius. Eggman destruiu boa parte da cidade e poucos sobreviventes, sob muita força de vontade, continuavam vivendo mas instalações deterioradas depois de tantos embates. Pela união dos Lutadores da Liberdade junto com outros guerreiros mercianos, a sobrevivência da espécie equidna foi conseguida.

    Com essa breve explicação, voltemos um pouco no tempo, exatamente antes do time Lutadores invadir a Death Egg 2.0 de Eggman no capítulo “Continue Mode: O começo de uma nova saga”.

    Durante uma perseguição a Eggman, Sonic e seus amigos passaram por sobre Albion, lar do que restou da população equidna. Povo sofrido e cheio de vontade de viver, se viram acuados ao ver a fortaleza de Eggman escurecer os céus de seu país. E pior, o doutor mandou um de seus robôs assassinos, Metal Knuckles, para atacar o time Lutadores ainda nos céus de Albion. Poderoso, conseguiu golear Sonic e abater o aeroplano de Tails, o Tornado, atingindo seu tanque de combustível. Como a queda era iminente, logo trataram de se preparar para aterrissagem forçada. Embora tenha sido uma queda, ninguém se feriu gravemente. Por sorte, T-pup tinha meios para consertar o Tornado, com o menino raposa deixando essa missão para seu amigo metálico.

    E não havia tempo para descanso: as forças de Eggman já haviam começado o ataque a Albion, que tinha o interesse trazer desordem e terror ao mundo, começando por erradicar totalmente a raça equidna. Como não restavam muitos, isso não seria difícil. Sonic e seus amigos então entram em combate direto, destruindo robôs e tanques e, para alívio de nossos heróis, Albion tinha uma força de defesa liderada por Remington Equidna, sobrinho de Lien-Da (que apareceu no capítulo “De volta a essa dimensão”). O equidna com olhos azuis e uma madeixa de cabelo na cor preta, usando um uniforme de rastreador, recebeu Sonic e seus amigos com entusiasmo, lhe dizendo que a três dias atrás, mesmo com todas as dificuldades de morar em um lugar rústico como Albion, tudo estava estável. Porém receberem um ataque de Eggman liderados por Lien-Da, que se manteve no lar dos equidnas mesmo após a saída do cientista. Com isso, mesmo com os esforços de Remmy (como Sonic se dirigiu a seu aliado equidna), a grã mestra da Legião Sombria capturou uma grande parte da comunidade equidna e, para piorar, sua matriarca Lara-li, mãe de Knuckles. Por estarem isolados, Remmy reclamou porque não obteve apoio de Angel Island esse tempo todo, que foi prontamente respondido por Sonic:

    — Eu sei que você tava meio por fora naquele tempo, mas lembra quando a Angel Island foi atacada pelo Eggman? Eles estão mais rústicos que vocês agora...

    — Está se referindo a alguma coisa sobre a cidade de Équidnapólis? – Disse Remmy, citando a cidade original do povo equidna.

    — Bem... ela foi dizimada.

    A notícia foi dada em um momento ruim Ede uma forma ruim: Remington praticamente caiu em tristeza, chorando aos montes. Amy até criticou Sonic por isso, mas não havia outra forma de dizer a verdade. Mesmo assim Tails, focado em ajudar, disse que era preciso pensar e viver no presente a Remmy, que concorda e diz a todos a prioridade a ser seguida: encontrar e resgatar sua matriarca, assim como o maior número possível de cidadãos equidnas. Dito isso, seguiram então com o plano. Mas Remmy só tinha um pensamento diante os riscos que corriam seus conterrâneos:

    — E rezem para que eles não tenham sido legionizados.

    Enquanto isso, nunca base avançada improvisada na ala sul da cidade de Albion, Lien-Da se comunicava com Eggman em seu monitor, onde o cientista exigia o relatório de sua missão. Ela informou que havia capturado quase toda a comunidade equidna e sua matriarca. Imediatamente Eggman perguntou se todos já haviam sido legionizados, o maior temor de Remmy, com a negativa da grã mestra. Com isso foi duramente cobrada pelo êxito da missão e que não vacilasse.

    Mas Lien-Da tinha outros planos. Ela sabia que Eggman nunca a deixaria seguir com suas ambições e logo tratou de esconder o que planejava: ela tinha o desejo de se tornar a matriarca do povo equidna e que iria liderá-los para o bem de sua espécie. E ela disse isso abertamente na frente de Lara-li, que disse:

    — Estávamos indo muito bem até você nos invadir. É o Knuckles que irá nos proteger... E eu sei que meu filho não vai deixar você se safar dessa.

    — Oh sim! O guardião. Aquele que não conseguiu impedir que vocês serem escravizados... Aquele que não estava presente no incidente do Enerjak*... Aquele que nunca apareceu aqui... E porque deveríamos te escutar? Vive pode ser a matriarca mas não tem experiência em governar. Você só tou escolhida por ter conexões com Knuckles.

    *Enerjak é uma entidade de destruição que habita seu hospedeiro corrompendo sua alma. Somente equidnas podem sê-lo. Knuckles se tornou um quando foi corrompido por Dr Finitevus (druida maligno que busca o domínio de Angel Island e de tudo o povo equidna, assim como ter poderes para dominar toda Mobius). Por sorte Sonic conseguiu impedí-lo, enquanto seu pai, Locke Equidna, se sacrificou, lacrando os poderes de Enerjak usando seu próprio corpo energizado com a esmeralda mestra. Desde então Knuckles não sabe para onde seu pai foi.

    E sob o olhar sarcástico da grã mestra da Legião Sombria, a matriarca não deixou por menos:

    — Eu deposito a fé no guardião que lutou contra Eggman ao invés de se aliar a ele. Eu deposito a fé no guardião que protegeu nossa sociedade, e não nos covardes que nos aterrorizaram, trouxeram a espécie a uma guerra civil e foram reduzidos a um monte de fanáticos fracassados.

    As palavras fortes de Lara-li machucaram bastante o ego inflado de Lien-Da que, nutrida por ódio a matriarca, segurou em seu rosto, cobrindo sua boca com sua mão, dizendo:

    — Tem sorte de eu ainda precisar de você graças a sua posição governamental, mulher ignorante! Você não estaria tão confiante se você soubesse que Knuckles já se...

    Mas antes que dissesse a notícia (Lara-li não sabia que seu filho, Knuckles, foi de fato o Enerjak), um dos guardas da base avisa que estão sendo atacados. O time Lutadores liderava o tento, com Remmy dando ordens a seus comandados para soltarem todos os capturados, principalmente a matriarca. Com Sonic, Tails e Amy derrotando com facilidade os membros da Legião Sombria, os soldados de Remmy dizem que conseguiram resgatar a quase todos mas que a matriarca ainda não havia sido encontrada. Sabendo disso, decidiram ir com tudo para o interior da base. Com o tamanho das explosões do lado de fora, Lien-Da estava desesperada, irritada com a ousadia de Remmy. Mas um dos guardas avisou que Sonic estava com eles. Imediatamente ordenou então que ativassem os sistemas defensivos da base, pois a derrota não era uma opção.

    O sistema defensivo é ativado, o que fez com que raios saíssem de silos que surgiram do solo, paralisando a quem fosse atingido, com exceção de membros da Legião Sombria, que eram resistentes ao raio. E de uma das portas surge Lien-Da, que diz:

    — Você não deveria ter vindo aqui, Sonic. Isso não é assunto seu...

    — Madame, qualquer um que esteja sendo oprimido por Eggman ou por qualquer cara malvado se torna... PROBLEMA MEU!

    O campo de batalha estava fervendo, com Sonic entrando em luta com Lien-Da que, surpreendendo o ouriço, mostrou habilidades inéditas: além de ser uma exímia lutadora, agora também emanava raios de suas mãos, o que também trouxe um visual diferente, com seus olhos iluminados por feixes. Com o equilíbrio na luta, Lien-Da trouxe uma carta na manga: aterrissando de forma adrupta, Metal Knuckles foi chamado, desequilibrando o combate, golpeando em cheio o ouriço, que vai ao chão, desacordado.

    Durante esses encalços, em uma base próxima a Downunda, cidade posiciona a Albion, Knuckles recebeu uma mensagem de áudio bastante ruim, que informava sobre um suposto ataque a Albion. Quem conseguiu interceptar esse arquivo foi Julie-Su, sua namorada (ainda que ele não tenha oficializado e nem ela) e meia irmã de Lien-Da. Depois disso o equidna guardião não teve mais contato com sua garota. Desconfiando de tudo isso, partiu para Albion usando um dos anéis warp que Vector deixou em Angel Island. Chegando lá, encontrou T-pup protegendo o Tornado de um lobo da Tasmânia (este selvagem, sem características antropomórficas). Depois de colocar o bichano para correr, Knuckles se aproximou de T-pup e, em seguida, levou o equidna até onde estavam os outros.

    Ainda mais preocupado, seguiu então para até onde Sonic, Tails e Amy estavam, no mesmo campo de batalha depois que o ouriço ficou desacordado. Sonic então, com bastante dor de cabeça, explicou que havia sido golpeado pela cópia robô do equidna (esta caída inerte no chão) e depois disso não sabia o que havia acontecido: TODOS haviam sumido, com exceção de Knuckles, Sonic, Amy e Tails. Estranhando essa repentina mudança do desenrolar da história, o guardião da Esmeralda mestra pediu para que Tails o colocasse em contato com Nicole, pois a holo lince foi a última a ter contato com Julie-Su e Saffron Abelha (noiva de Charme). A bela lince então diz que iria avisá-lo antes de sair da ilha flutuante que não conseguia rastrear ninguém em Albion e muito menos sua namorada e Saffron. Knuckles, com isso, desconfiou novamente que algo anormal estava mesmo acontecendo, já que Nicole explicou sobre o repentino sumido delas: talvez tenham usado um anel warp para tal ato. Porém Knuckles disse:

    — Só eu e Vector temos um anel warp...

    Sonic até mesmo desconfiou que a única pessoa que poderia estar por trás disso poderia ser o Dr Finitevus, coisa essa não descartada pelo guardião. Sabido disso, e por Knuckles ter visto alguns clarões ao longe desde que chegou, seguiram então até a enseada de Albion, já que poderiam ter sobreviventes tentando fugir em barcos. Chegando lá, para surpresa de Knuckles, viu que uma figura conhecida estava usando um anel warp de fato. Era Thrash Tasmaniano, um integrante dos Lutadores da Liberdade de Downunda, uma cidade próxima a Albion (Knuckles inclusive já lutou ao seu lado). Estranhando ainda mais, e mostrando irritação, Knuckles logo pediu as devidas explicações a Thrash, com Sonic citando uma lembrança que o equidna já havia falado dele. Com a confirmando, que haviam lutado contra Dr Finitevus em Downunda, eis que Thrash tomou a palavra:

    — Isso mesmo. E depois dos negócios, (Trash deixou seu grupo e seguiu em uma expedição atrás de verdades sobre o povo equidna todo esse tempo. Resumidamente, os equidnas tiveram influência na sobrevivência dos lobos da Tasmânia de Mobius, raça essa que Thrash representava) eu parti para minha própria jornada, que agora está concluída, graças a você, Knuckles.

    — Graças a mim?

    — Você me deixou ficar com aquele anel warp que eu achei depois da nossa aventura em Downunda. Isso me ajudou a tomar conta daquelas garotas que tavam tomando conta da esmerada mestra (Julie-Su e Saffron). E aquilo me ajudou a tomar conta dos equidnas aqui, em Albion.

    — Todos os... O que você... Cadê eles?!

    — Se foram. Nunca mais irão incomodar esse mundo de novo – Disse Trash, estalando seus dedos, fechando o anel warp – Então valeu, estamos quites.

    — TRAGA TODOS DE VOLTA – Disse Knuckles, tomado pelo ódio, golpeando Thrash – TRAGA TODOS DE VOLTA! AGORA!

    — NÃÃÃO! – Disse Thrash, usando seu grito, poder especial dele, para jogar Knuckles para longe – Eu sou um homem justo, então estou te deixando viver, lembre-se disso!

    As coisas esquentaram de vez e se tornaram dramáticas. Todos os equidnas foram jogados para o limbo de forma permanente por Thrash. Em seguida, Sonic também entrou no combate, agredindo Thrash em suas costas. Mas ele disse que nada tinha contra o ouriço, que insistiu no embate, comprando a briga do guardião. Diante desse cenário, Thrash passou a interpretar todos como seus inimigos e se jogou em luta. Porém, durante o embate nervoso que todos travavam, longe dali um ser formado por vinhas hortaliças tomou o controle da carcaça metálica de Metal Knuckles, transformando-o em um monstro metade metal metade orgânico. E com uma voz sinistra, o novo ser diz:

    — Oi Sonic... EU VOLT... EEEEEEI!

    Tratava-se de Hidra Híbrida de Krudzu, inimigo antigo e ferrenho de Sonic. Sua existência navegou por gerações, desde que Sonic lutou pela primeira vez contra Robotinik, o primeiro. Depois disso essa criatura asquerosa se manteve viva ao se enraizar em robôs sucateados de Eggman para se alimentar de sua energia tóxica. Ela chegou a ilha embarcada em um CrabMeat prestes a enguiçar de vez. Por sorte encontrou Metal Knuckles inerte, se aproveitando de sua energia atômica. Ainda anônimo, tudo dava a crer que um combate era inevitável.

    Enquanto isso, Knuckles e Thrash estavam travando uma verdadeira peleja, trocando socos e chutes enquanto discutiam sobre o que havia acontecido. O guardião dizia:

    — TRAGA ELES DE VOLTA! – Disse, desferindo um soco.

    — Nem pensar, xará! Eu me esforcei muito pra eliminar sua raça! Esses malditos tiveram o que mereciam!

    — Eles eram inocentes!

    — Como meu povo! A justiça foi feita aqui! Me poupe de seus choramingos! Agora estamos... – Tentou dizer Thrash, levando um soco em sua barriga

    — SEU DESGRA... – Tentou dizer Knuckles, sendo acertado por Thrash.

    — Agora estamos quites!

    — Como pode dizer uma coisa dessas!?

    — Porque agora é só eu e você. Ou seja, somos os únicos de nossa espécie. Tá sentindo? É isso o que eu sinto todo dia! Os Tasmanianos viviam pacificamente, mas sua espécie fez experiências com eles, modificaram seu DNA... Muitas histórias foram ditas desde que eu nasci, assim como todos igual a mim... Onde eles estão agora? ONDE? Lugar nenhum, guardião... LUGAR NENHUM! E agora tudo termina assim... Nós, eu e você, sendo os últimos da nossa espécie... Olho por olho e dente por dente.

    — VOCÊ... ISSO É UMA IDIOTICE SEM TAMANHO! – Disse Knuckles, desferindo um violento soco em Thrash, o afastando – ISSO FOI A MUITOS ANOS ATRÁS. Gerações que poderiam te ajudar... TE AJUDAR A REVERTER ISSO! Mas veja agora... Nós dois estamos extintos... E por sua culpa... POR SUA CULPA!

    — Não! Foram vocês... VOCÊS QUE COMEÇARAM COM ISSO! Não venha jogar a responsabilidade pra cima da gente! – Thrash retribuiu o golpe – Vocês fariam tudo outra vez se pudessem! Eu só estou acabando com o problema!

    — Eu ainda estou aqui... DE PÉ E LUTANDO! EU NÃO SOU UM PROBLEMA E SIM A SOLUÇÃO! E eu vou... EU VOU FAZER VOCÊ TRAZÊ-LOS DE VOLTA CUSTE O QUE CUSTAR!

    O caos tomou conta de Albion. Embora não existisse muita gente no lugar, a confusão estava armada. Ao estar na ofensiva sobre Thrash, Knuckles foi atacado por um dos lobos Tasmanianos, o jogando para longe depois. O guardião logo pediu ajuda a seus amigos para que cuidassem dos lobos enquanto trataria de Thrash. A batalha seguiu terrível, com o time Lutadores travando uma desgastante luta contra os lobos.

    Knuckles e Thrash não cansavam um segundo sequer de lutarem ferozmente. Ao troco de gentilezas nada agradáveis, eles continuaram a dialogar, com o Tasmaniano dizendo:

    — Você ia sair daqui numa boa! Mas não... Você tinha que dificultar tudo... TUDO!

    — VOCÊ LEVOU TUDO DE MIM! MINHA FAMÍLIA, O AMOR DA MINHA VIDA... COMO ACHA QUE EU DEVERIA AGIR!? Sim... ESMURRANDO VOCÊ ATÉ TE FAZER CRIAR JUIZO NESSE SEU PENSAMENTO VINGATIVO E EGOÍSTA!

    — ISSO SE CHAMA JUSTIÇA! E meu povo a teve...

    — AH CALE A BOCA! – Disse Knuckles, desferindo um violento soco no rosto de Thrash.

    Sonic e os outros haviam consigo dar cabo dos lobos Tasmanianos e Thrash estava caído, já quase esgotado. Knuckles, percebendo a ligeira vantagem que tinha, tentou apaziguar:

    — Thrash, seus lobos foram neutralizados e você está prestes a ser derrotado... Eu irei parar com tudo isso agora. Então, traga todos de volta, agora!

    — Cara, até me sinto humilhado em dizer isso, mas eu reconheço que no soco eu não vou conseguir te derrotar, então eu não vou usar mais meus punhos...

    Em usando de seu grito super forte, Thrash continua com sei ataque especial diretamente contra Knuckles, o jogando a muitíssimos metros pra trás. Mas estamos falando do guardião da esmeralda mestra e todos nós sabemos da força absurda do equidna. Mesmo com extrema dificuldade, Knuckles usou de seus próprios punhos para se aproximar de Thrash, golpeando o chão, fincando suas mãos ao solo, até enfim chegar até seu agressor e golpeá-lo com tudo que tinha, cessando seu grito eloquente. Com Thrash caído, sobrou até tempo para uma última piada de Sonic:

    — E é por isso que não se brinca com o Knuckles, camarada!

    Com Tails e Amy prendendo os braços de Thrash ao chão, o menino raposa perguntou onde todos os equidnas estavam e que ele os trouxesse de volta, mas Hidra Híbrida de Krudzu, que tomou o corpo de Metal Knuckles, os atacou com suas vinhas, os prendendo. Isso deu tempo para que Thrash abrisse novamente o anel warp e, com isso, fugir. Já estando dentro da passagem, Thrash estava mesmo em fuga, com Knuckles o avistando. Sem pensar, o equidna seguiu a seu encalço, entrando pelo anel a pedido de Sonic, que iria se encarregar de deter Hidra.

    Frente a um inimigo poderoso, Sonic até desdenhou, pois por diversas vezes o derrotou. Mas dessa vez Hidra estava mesmo disposto a mudar isso: transformou-se então em um ser colossal, muito maior que antes. Todos olharam atônitos ao tamanho que Hidra se tornou. Mas antes que houvesse tempo para monólogos vilanescos, a criatura foi facilmente abatida: Shard, um robô Sonic que mudou de lado, o golpeou em seu dorso, o fazendo ir ao chão. Sonic não entendeu Absolutamente nada.

    — Hã? Não brinca!

    — Brinco sim! Vocês não sabem como foi difícil rastrear vocês nesse lugar maluco! – Disse Shard, brincando.

    — Galera... Aquilo alí parece uma pedra de poder... Cara, esse aí é o Metal original! Porrada nele! – Disse Sonic, já partindo pra cima do robô.

    — Opa... Que isso, cachoeira?! Eu sou o Shard!

    — Ele mudou de nome! Porrada em dobro nele, gente! – Sonic executou um chute conta a lataria de Shard em seguida.

    — Cara, eu acabei de te salvar...

    — Tá, filho! Agora vai me dizer que a princesa tá em um outro castelo, né? Sem chance!

    — Tu tá levando indo pro lado pessoal... Eu estou aqui pra...

    — Vai me sequestrar outra vez? – Disse Amy, usando sem martelo piko piko contra o chão.

    — Ei, rosinha... Pega leve aí! Essa coisa machuca! – Shard quase foi destruído por ela. 

    — Vai me jogar naquele vulcão outra vez? – Disse Tails, tentando acertá-lo com suas caudas.

    — Aí, fofo... Eu não me sinto bem em lembrar disso, tá?

    Shard queria mesmo ajudá-los. Ele havia sido reprogramado por Sir Charles (tio Chuck) as escondidas para que ajudasse os Lutadores da Liberdade Secretos. Mas diante da gravidade da situação em Mobius, se colocou a disposição. Mas durante a luta que o time Lutadores travou contra seu suposto aliado, Hidra conseguiu prendê-los com suas vinhas e estava se vangloriando. Até mesmo disse que o Metal Sonic seus uma ótima adição a sua coleção, mas Shard tinha uma ideia:

    — Sonic, cara... De todos os continues e “try again” que tu passou até hoje, e olha que foram muitos, eu estou disposto a arriscar todas as minhas “Bon Fire” pra salvar a sua vida. Só que não tem como eu lutar contra ti e essa coisa vinda do jardim botânico, então...

    Sob o olhar não muito amistoso de Sonic, Shard deu uma piscadela marota, demonstrando que estava mesmo disposto a ajudar. Sabendo disso, ambos os ouriços correram a toda, levando com eles a criatura. E a conversa entre os dois continuou:

    — Então você pincou a mula da lava e se salvou, caôseiro?

    — Olha só quem fala... Tu já viajou até o espaço, cara. Te deram como morto...

    — Foge do assunto não, filhinho. Porque tu tá querendo ajudar? E como você está aqui?

    — Não estou fingindo. Porque é o certo. Segredo de Estado. Mais perguntas ou tá afim de terminar com essa Boss Battle no nível “Zangado”?

    — Ah saquei. Facinho facinho, né?

    — Bingo! Vou até filmar e dizer “Esse vídeo foi um pedido de Vitor Miller...”

    — Eu entendi a referência, mas não é hora pra quebra de quarta parede. Como é que posso confiar em você?

    — Tipo, tu não confia em mim, mas e no tio Chuck?

    — Como é?!

    — Ih mandei mal... Cara, não fica com raiva de mim. Todo mundo em Nova Mobotrópolis tá muito tenso e tio Chuck me mandou pra cá pra ajudar vocês, pra abrir caminho...

    — Tô ligado... Esses dias tão mesmo brabos. Antoine tá em coma, Bunnie sumiu, Sally foi transformada em robô...

    —*... O Cruzeiro foi rebaixado, o Liverpool ganhou o Flamengo...* Então eu vou limpar com vocês o caminho pra vocês irem atrás do Eggman!

    — Fechou, falsário! Vamos varrer o chão com essa coisa aí!

    — Falou! Hora do Pentakill!

    Com Hidra preso aos corpos de Sonic e Shard, os ouriços seguiram até onde Amy estava e, já munida com seu martelo, os dois frearam ao mesmo tempo, fazendo de suas vinhas uma forma de prendê-lo para que não escapasse do destruidor golpe de martelo da ouriço rosa. Mesmo tonto e desgastado por ter sido arrastado por Sonic e Shard, Hidra não desistiu. Foi quando Tails, que havia tentado se comunicar com os lobos Tasmanianos, conseguiu convencê-los a ajudar, dizendo para que atacarem Hidra Híbrida de Krudzu que, desesperado, diz:

    — MEU SANTO EGGMAN!

    Os lobos praticamente destrincharam cada centímetro do corpo de vindas da criatura, dando fim a luta terrível. Sonic, horrorizado, diz:

    — Cara, depois dessa nunca mais vou jogar qualquer jogo de terror. Nem aquele jogo de 2006...

    — Bem, foi o melhor que pude fazer, Sonic – Disse Tails, desconversando.

    Mas mesmo depois dos lobos terminarem com Hidra ele desistiu. Recuperando lentamente seu corpo, Sonic e os outros acabam de vez com o que restou, o aniquilando. De Hidra só lhe sobrou o seu broto raiz, o qual era sua forma real, que mal media cinco centímetros. Sonic então diz que iria colocá-lo em um lugar que não existisse nenhuma tecnologia, sendo refutado por Shard, que diz:

    — Hidra pode ajudar a gente descobrir uma forma de trazer Sally de volta.

    — Hã? Tipo um antídoto?

    — É. Eu vou levar essa coisa de volta pra cidade pra ver se tio Chuck descobre alguma coisa.

    — Isso pode dar certo, Sonic. Seria um marco da robótica moderna e um fim a qualquer robotização de Eggman! – Disse Tails, apoiando Shard.

    — Tá... Entendi. Tá, benedito. Leva essa bodega pra cidade. Nós vamos atrás do Eggman. Se uma reciclagem deu certo, duas também serão.

    — Essa parada, Sonic! – Disse Shard.

    Mas mesmo diante de uma vitória, Amy se lembrou dos dias áureos de Albion. Natural de Mércia, ela diz:

    — Eu me lembro desse lugar... Era lindo, cheio de vida e com muitas pessoas... Me lembro de ter vindo aqui com Bunnie e Antoine e...

    — Amy...

    — Coitado do Knuckles... Sonic, o que aconteceu com todo mundo... Ele não...

    — Calma, Amy. A gente vai sair dessa e o Knux vai ser forte. Aliás, ele é forte. Tudo vai se resolver. A gente vai ajudar... pode crer!

    E chamando a todos, Sonic diz:

    — Galera, vamos nessa! Hora da gente fazer o Eggman pagar com juros o que ele tá fazendo! Por Antoine, Bunnie, Knux e... Sally.

    Já sobre o Tornado, já consertado por T-pup, o time Lutadores seguiu para o artigo, em direção a Tundra do Norte, para encontrarem a Death Egg 2.0, no centro de abastecimento de seu império na região.

    Os acontecimentos por lá todos já sabem, mas e Knuckles?

    Durante os acontecendo em Albion do time Lutadores e Shard, através do anel warp, o equidna e Thrash viajaram para os quatro cantos de Mobius lutando incessantemente. Não havia mais diálogo e sim só socos. Os dois estavam mesmo dispostos a tudo para fazer valer sua ideologia.

    Indo até Downunda

    Eles apareceram nas longínquas Ruínas Tasmanianas, sendo observados por um ancião decrépito da raça tasmaniana, detalhe esse ignorado pelos dois. Porém o velho não pode evitar de ver tamanha selvageria, principalmente porque Thrash se chocou contra uma das paredes de sua casa, mostrando ao ancião Knuckles. Esticando sua mão, era quase como um pedido de ajuda e, protegido por lobos Tasmanianos, percebeu que nada poderia fazer, escondendo seus olhos enquanto caía em prantos enquanto os via entrando novamente pelo anel warp...

    De Downunda aos Picos de White Acropolis...

    Uma região montanhosa e cheia de neve, quase inóspito. Essa era a tônica da região, que passou a ser movimentada pelo embate nervoso entre os dois. Não existia mais ordem. Era puro ódio e não parecia que iria acabar tão cedo. Se tornaram ainda mais violentos, com Knuckles usando seus dois punhos para jogar Thrash contra o chão gelado, afundando sua cabeça com força. O Tasmaniano não recuou, desferindo um soco do rosto do equidna e, usando seus dois punhos, os cravou no dorso de Knuckles, jogando-o ao chão com extrema selvageria. Se tornava ainda mais séria a luta, com nenhum dos dois recuando. Já havia virado uma luta de vida ou morte. Logo, com a intensidade de seus golpes, uma gigantesca avalanche de formou, fazendo com que voltassem ao anel warp...

    E de White Acropolis para, enfim, Angel Island.

    Em frente ao altar da esmeralda mestra, os dois surgiram. Com Thrash visivelmente fraco, Knuckles aterrissou tão forte quanto antes. Pela primeira vez a superioridade do equidna era perceptível. O Tasmaniano sabia disso e, num último advento, conjurou seu anel warp e pulou da ilha flutuante, mergulhando ao anel que estava abaixo. O guardião foi atrás de Thrash, vendo-o sumir através do anel, que conseguiu pegar antes que caísse. Ao retornar a superfície de Angel Island, Knuckles percebeu que toda a energia do anel warp de Thrash havia chegado ao fim. Esse fato coincidiu com a chegada de todo o time Chaotix, que retornou do deserto Sand Blaster para trazer de volta seu amigo Might (que havia encontrado sua irmã Matilda na refinaria Oil Ocean). A alegria de seus amigos contrastava com sua situação: Knuckles tinha acabado de perder a única esperança de trazer de volta seu povo, sua mãe, sua garota... sua história. Mesmo com o equidna visivelmente fora de si, Vector diz:

    — Aí, Knux. Olha só quem nóis encontrou!

    — É ótimo te ver de novo, vermelhão! – Disse Might, segurando a mão de Knuckles.

    Seus amigos desconfiavam de pequenos detalhes deixados ali. Espio, ao ver o anel warp, diz:

    — Hm... Esse anel warp está vazio. Pra onde você tentou ir e... porque tem neve aqui?  

    — Eeee! Neve! Haha! – Disse Charmy, brincando na neve.

    — Cadê a Julie-Su? E Saffron? Eu senti saudades delas também... – Comentou Might.

    — E... E por-porque a arma d-da Julie-Su es-está caída aq-aqui? – Disse Ray, preocupado.

    — E onde está minha... – Tentou dizer Charmy, voando ao redor, procurando por sua noiva.

    Vector já havia percebido que algo de errado aconteceu. Mesmo sendo um brutamontes, era bastante esperto. Ele então caminhou até Knuckles, perguntado:

    — Mano, o que tá rolando? Que bagaça rolou por aqui? Qual a treta? Knux... Fala com teu chapa, pô!

    O guardião havia recebido um grande golpe. Talvez nenhum outro momento de lutas e provações foi tão doloroso quanto agora. Knuckles sequer tinha lágrimas para expressar sua tristeza. E enfim, para externar sua frustração, tornou a fazer a única coisa que podia fazer: aplicou um soco tão forte ao solo de Angel Island que fez estremecer toda a ilha, gritando:

    — DROGAAA! AHHH! AURORA! AHHH! JULIE-SU! LARA-LI, MINHA MÃE! MEU PAI... MEU POVO! AHHH!

    Os gritos raivosos de Knuckles ilustraram bem sua dor de ter perdido tudo...

    Durante os eventos da batalha em Nova Mobotrópolis, Knuckles colocou Dimitri (antigo grã mestre da Legião Sombria e avô de Lien-Da) para que procurasse vinte quatro horas por dia atrás de alguma anomalia causada por anéis warps. Depois que foi informado por Nicole e Espio (Dimitri se abrigou em Nova Mobotrópolis depois de avisar a Sonic e aos Lutadores da Liberdade sobre o retorno de Enerjak) sobre sua mudança de postura ante a situação que seu povo estava sofrendo, o ex inimigo do guardião topou se unir em prol da sobrevivência de seu povo. Os Chaotix saíram a procura de pistas por toda Mobius. Mas todos os seus esforços foram em vão, até que uma mensagem criptografada foi encontrada por Demitri. E recorrendo ao diálogo do capítulo anterior, nos situamos no presente, logo após Sonic retornar do deserto Sand Blaster.

     — O que encontrou, Dimitri? - Perguntou Knuckles.

    — Guardião... Eu achei o sinal. É o mesmo daquele anel warp de Albion, no reino de sua mãe... - Disse Dimitri.

    — Você está certo disso?

    — Sim. Eu consegui algo a mais...

    — O que?

    — Uma mensagem... Porém...

    — Porém o que? Diga logo, velho!

    — Ela está criptografada... E não é por computadores.

    — Hã? Como assim?

    — É uma mensagem na linguagem secreta. Você sabe o que significa, não?

    — Hum... Já tenho ideia... Coisa do serviço secreto de Nova Mobotrópolis...

    — Então você sabe...

    E Knuckles, olhando para o visor, que continua a mensagem, logo diz:

    — Hora de começarmos a procurar. Muito bem, entre em contato com os Lutadores da Liberdade. Eu irei chamar os Chaotix.

    Uma nova saga. Um nova esperança a continuidade da raça equidna. Knuckles fará de tudo para trazer seu povo, sua família e sua amada Julie-Su de volta.

    Continua.


    Somente usuários cadastrados podem comentar! Clique aqui para cadastrar-se agora mesmo!