Always

Tempo estimado de leitura: 3 horas

    18
    Capítulos:

    Capítulo 5

    Capitulo 5

    Álcool, Hentai, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez

    Não era normal estar sentado de frente para o balcão de um bar àquela hora da tarde, principalmente com o loiro hiperativo tagarelando ao seu lado, finalmente aceitara um dos inúmeros convites do amigo para se encontrarem e ele não parava de falar um segundo, era incrível como nem ao menos parava para respirar, bom pelo menos ele poderia se distrair um pouco com ele. A quem queria enganar? Não prestava atenção em uma palavra que o companheiro falava.

    -Então Teme, o que você acha?

    Sasuke olhava para o copo coberto de wisk somente pela metade o balançando perdido em pensamentos.

    -Teme?

    O loiro havia parado de falar e agora o encarava

    -Ei, TEME!!

    Sasuke o que encarou

    -O que foi Dobe.

    -Em que planeta você estava?

    -Em um que você é completamente mudo.

    -Teme, você é a pessoal mais agradável que eu conheço.

    -Onde aprendeu a ser sarcástico?

    -Tenho um ótimo professor! Disse o loiro encarando o moreno.

    -Afinal me chamou aqui pra que?

    -Como pra que?! Faz meia hora que eu estou te falando sobre a garota dos meus

    sonhos e ... mas afinal em que porra você estava pensando?

    -Em nada. O moreno desconversava enquanto dava o ultimo gole na sua bebida.

    -Sei!

    -Então, como é o nome da mais nova “garota dos seus sonhos”?

    -Hinata, Hyuuga Hinata, a Teme...ela é linda.

    -Como todas as outras garotas dos seus sonhos! O moreno falava enquanto observava o garçom encher novamente seu copo.

    - Mas essa é diferente das outras... enquanto o loiro descrevia pela terceira vez como os cabelos negros da morena eram perfumados e como seus olhos pareciam a lua, Sasuke mais uma vez se perdeu em seus próprios pensamentos, em como os cabelos dela eram raros e com cheiro de morango, em como seus olhos eram verdes, os verdes mais claros que ele já vira na vida.

    -TEME!

    As pessoas no local olharam curiosas para os dois devido ao grito do loiro enquanto Sasuke quase se engasga com a bebida.

    -Não grita Dobe.

    -Você esta longe de novo!

    -É impressão sua.

    -Hum, me diz ai, quem é ela?

    -O que? O moreno o encarava como se não entendesse

    -Você tai com cara de lesado (era a segunda vez que diziam que ele tinha cara de

    lesado, e essa o incomodou mais do que na primeira) – Com certeza é por causa de mulher.

    -Naruto, você sabe que eu estou com a Karin.

    -Isso nunca te impediu de conhecer outras garotas.

    O tom utilizado pelo amigo o incomodou um pouco.

    -Faz muito tempo que eu não fico com mais ninguém a não ser ela.

    -Não sei por que você faz isso. Naruto comentou mais para si do que para o amigo

    -Isso o que?

    -Ficar com a Karin, ta na cara que não gosta dela.

    -Ela é uma pessoa agradável.

    -Agradável?! Agradável é o chá de buceta que ela te da toda noite. O loiro começou a

    rir

    -Não é só por isso que estou com ela.

    -Ah não? Então é pelo que?

    Naruto olhava para o moreno esperando uma resposta

    -Ela...me ajuda a esquecer.

    Sasuke terminava mais um copo e seguia para o próximo.

    -Teme, Teme...quantas vezes vamos ter que dizer que não sua culpa a morte do....

    -Não é só isso! É tudo, minha família, meu trabalho, ela...

    -Ela?

    O moreno respirou fundo

    -Tem uma paciente nova la no hospital e...ela esta me afetando.

    De alguma maneira Sasuke se sentia envergonhado em dizer isto.

    -Afetando como? O loiro virava a terceira garrafa de cerveja

    Poderia tentar explicar, mas não conseguia encontrar as palavras, principalmente palavras que fizessem aquele dobe entender, resolveu deixar pra la.

    -Esquece!

    -Sasuke, você não esta se envolvendo com uma paciente neh, alem de errado é errado!

    -Que?

    -Alem de ser errado pegar uma paciente, no seu caso é mais errado ainda, elas...estão morrendo. Naruto terminou aquela frase torcendo o rosto, parece que

    essa idéia pra ele era aterradora.

    -Não se preocupe Dobe, não estou me envolvendo com ninguém.

    -Ufa! Disse o loiro divertido. –Então deixa eu te contar como foi que eu conheci a Hina-chan...

    E mais uma vez ele desatou a falar e falar, mas dessa vez os pensamentos de Sasuke não foram tão confortáveis quanto antes.

    CONTINUA...


    Somente usuários cadastrados podem comentar! Clique aqui para cadastrar-se agora mesmo!