Freedom Planet: Faith & Shock

Tempo estimado de leitura: 3 horas

    12
    Capítulos:

    Capítulo 1

    Personagens e prólogo

    Spoiler, Violência

    História a seguir foi desenvolvida com o intuito de divertir os fãs de Freedom Planet. O conto tem ligação direta com o jogo, então haverá spoilers.

    > Personagens

    Sash Lilac

    Heroína do planeta, a dragão conseguiu, com a ajuda de suas amigas, descobrir tudo por trás do roubo da pedra do reino e ajudou Torque a derrotar o senhor da guerra Brevon em uma batalha terrível. Tem um imenso coração e um incrível senso de justiça, sempre disposta a ajudar. Lilac tem um poder de luta inimaginável e é absurdamente veloz.

    Carol Tea

    Amiga inseparável de Lilac, Carol a tem como sua heroína. Ela ajudou sua amiga na batalha contra Brevon. A bela felina verde tem uma personalidade forte, sempre agindo como uma "badgirl" na maioria do tempo (o que lhe causa certas confusões). Companheira e leal, embora não reconheça, é bem sentimental. Tem uma moto, a qual é quase como parte de seu corpo e é uma excelente lutadora, com fortes chutes e socos.

    Milla Basset

    Amiga de Lilac e Carol, Milla tem um passado misterioso. Durante os acontecimentos da batalha contra Brevon, Milla se une as suas amigas depois de ter sido encontrada escondida em um bosque na floresta. Tem uma idolatria fora do comum por Lilac e uma forte amizade com Carol. Carinhosa e atenciosa, seu jeito "kawaii" conquista qualquer um que ela conhece. Milla também possui poderes únicos, embora misteriosos, que ajudaram a deter Brevon.

    Arktivus Brevon

    Senhor da guerra responsável pelo assassinato do monarca de Shuigang, assumindo o controle da nação e depois roubar a pedra do reino. Mas, como engodo, criou mazelas entre Shang Tu e Shang Mu a fim de despistar seus planos. No fim, foi derrotado por Lilac e está desaparecido desde então. Brevon é incrivelmente forte, derrotando a maioria dos seus oponentes com um só golpe. É prepotente e traiçoeiro, aproveitando qualquer oportunidade para ter vantagem no campo de batalha. Não tem escrúpulos, tanto que até torturou Lilac com choques. Ele só se importa consigo mesmo.

    Spade

    Filho do monarca de Shuigang e meio irmão de Dail. O panda ninja é líder de uma gangue de ladrões muito temido em seu reino. É frio e calculista, preferindo estudar seus adversários antes de agir. Também é um exímio estrategista. Mas, contrariando sua natureza, é justo e honrado com pessoas que fazem o bem.

    Comandante Torque

    Torque é membro dos Spectrum Chasers, uma equipe formada pela Aliança de Planetas para deter Lord Brevon. Ele teve ajuda importantíssima de Lilac e suas amigas para detê-lo antes que trouxesse guerra as três nações do planeta e roubasse a pedra do reino para restaurar sua nave. Torque é o tradicional herói "nice guy", ajudando a todos e com um imenso sendo de justiça.

    Dail

    Filho mais velho do monarca de Shuigang, Dail foi lobotizado por Brevon logo após a morte terrível do seu pai. Spade, seu meio irmão, tentou reverter a situação, mas era tarde. O panda monarca foi derrotado por Lilac, sendo colocado em tratamento depois de todos os acontecimentos. Dail é extremamente agil e um exímio espadachim.

    Neera Li

    Fiel e competente conselheira de Royal Magister, monarca do reino de Shang Tu. A bela panda é extremamente habilidosa, comprometida em cumprir com sua missão e líder do departamento de repressão de Shang Tu. Ela investigou sobre o ocorrido durante todo o desenrolar dos acontecimentos. Descobriu até mesmo de Lilac, a prendendo duas vezes, mas virou uma aliada logo após descobrir os planos de Brevon. Sua personalidade é bastante pragmática, sendo muitas vezes arrogante e prepotente. Mas tem boas intensões, mesmo que não deixe isso bem claro a todos. O povo de Shang Tu tem compreendeis dividida quanto a Neera Li: uns tem medo dela, outros um forte respeito.

    General Gong

    General extremamente forte de Royal Magister. Seu nome se caracteriza por suas armas de ataque e defesa de mesmo nome. É compenetrado e autoritário, com um enorme senso de justiça. O grande panda foi um aliado importantíssimo ao formar o exército neutro parte dar fim aos planos de Brevon, com sucesso. Adquiriu durante os eventos uma amizade com o monarca de Shang Mu, Zao.

    Mayor Zao

    Monarca de Shang Mu, tem uma forte preocupação com a saúde de seu povo e é um exímio militarista. Apesar de sua baixa estatura, Zao é um gigante quando se colocado em campo de batalha, imperando seu exército de excelentes monges. Ajudou Gong a formar um exército neutro para impedir Brevon.

    Royal Magister

    Líder do reino de Shang Tu e respeitado por todo o planeta. Sua inteligência é sua maior virtude. Suas decisões sempre envolvem lógica e uma boa dose de filosofia. Guiou Lilac para que descobrisse seu poder interior e, assim, valendo de sua raça dragoniana, domar o Dragão Supremo. Royal Magister sempre anda usando seu elmo, que lhe esconde todo o rosto, podendo ser visto somente seus olhos. Extremamente calmo e sábio, vive ensinando a seus pupilos e membros a filosofia de seu reino, para assim adquirirem sabedoria e harmonia.

    > Prólogo

    A pedra do reino, a qual alimentava o planeta com sua energia, que trazia conforto e prosperidade a nação, havia sido destruída pela explosão da nave de Aktivus Brevon, que foi derrotado por Sash Lilac. O senhor da guerra conseguiu fugir mas seus planos foram frustrados por nossa heroína e seus amigos: Torque, comandante especial que veio atrás de Brevon; Carol Tea, inseparável amiga de Lilac; e Milla Basset, a qual se juntou ao grupo e as ajudaram incondicionalmente, mesmo correndo muitos perigos e quase sendo morta pelas artimanhas de Brevon, que a transformou em um monstro com um de seus experimentos, fazendo com de Lilac lutasse contra ela. Felizmente ela sobreviveu, mas esse fato trouxe tanta ira a Lilac a ponto de nunca perdoar Brevon por ter usado Milla e por tudo o que fez.

    A pedra do reino, destruída na atmosfera do planeta, na verdade se transformou: suas partículas se espalharam por todo o planeta, o alimentando com sua energia, trazendo com isso uma flexibilidade tamanha que as pessoas tinham fonte de energia em qualquer lugar. Todo o planeta passou a ser energizado.

    O reino de Shuigang, cujos habitantes ficaram horrorizados e desesperançosos com os acontecimentos contra seu monarca e a seu filho, tomaram as ruas atrás de respostas. Todo esse temor e comoção fez com que Spade, meio irmão do atual monarca, Dail, ajudasse seu irmão a assumir o trono (ainda que a descrença de todos por ele fosse um grande peso) para colocar ordem em seu reino. Porém ele não era bem visto, já que era líder da gangue de ladrões e suas intenções reais nunca foram aceitas por todos. Mesmo assim, conseguiu apoio de Lilac pois que Carol o convenceu a ajudar, a qual precisou ter de batalhar durante a invasão de Brevon, e Neera Li, alta sacerdotisa do reino de Shuigang, a qual agora a serviço do reino de Shang Tu. Depois de conseguir impor certa ordem em seu reino, até porque tinha direitos para tal, pois seu irmão ainda estava em leito, Spade se retirou e deixou uma carta direcionada aos cidadãos de Shuigang:

    "A todos que aqui residem, tem suas famílias, tem sua vida: não me resta fazer mais nada a não fazer o que é o certo e justo. Essa nação é tão grande e forte que eu mesmo não sou digno da força de vontade de todos vocês de reerguerem essa nação. Eu não sou nada, sou somente um ladino aventureiro. Eu não sou um líder de Estado. Eu não sou o líder que procuram. Mas vocês não precisam de um líder como eu, pois todos vocês têm o meu irmão como monarca. Vocês já tem tudo que precisam. Vocês são tudo o que precisam. Vocês juntos podem fazer essa nação crescer e se fortalecer. Criem laços, vivam a vida. Fortaleçam-se a cada dia. Hoje lhes entrego a heróica e virtuosa nação de Shuigang. Dail os guiará como nosso pai. Eu tentei ao menos honrar o seu nome, mesmo que eu não tenha honra.

    Ela é de vocês. E vocês são Shuigang."

    Embora a fama de Spade não fosse das melhores, suas palavras tocaram o coração de cada habitante de Shuigang, os quais foram as ruas e homenagearam seu antigo monarca e, dentre as circunstâncias, agradeceram a Spade pelo que havia feito. A nação de Shuigang estava mais unida que antes, com cada um de seus cidadãos determinados a manter sua nação dessa forma. Não somente a ordem havia retornado: o progresso passou a ser um dos lemas de Shuigang. A agricultura se fortificou, várias fazendas se formaram e a nação passou a ser o principal meio de negócios entre todos os reinos. Um parlamento foi criado, a fim de estreitamento de relações entre as outras nações, mas os habitantes eram livres para fazer o que quiser. Se houve uma mudança brusca no planeta, isso começou em Shuigang.

    Enquanto isso tudo se desenrolava, Dail, atual monarca (nomeado assim por Drevon, depois de assassinar seu pai, decepando sua cabeça na frente do jovem) foi colocado em tratamento intensivo a fim de tentarem retirar e reverterem toda a influência de Drevon por meio de sua lobotização, essa realizada por Syntax, inteligência artificial a serviço maléfico do senhor da guerra. Lilac conseguiu destruí-la nos acontecimentos anteriores. Dail, debilitado e confuso, ainda não havia recobrado sua consciência. Até mesmo o fato de seu pai estar morto não era de seu conhecimento e por muitas vezes nomeava seu superior como ?Lord Drevon?. Spade pediu, antes de seu exílio, que continuassem com o tratamento até que tivesse o atual monarca de volta.

    A nação de Shang Mu também se beneficiou com tudo isso. Povo conhecido como alegre e amistoso, passou a fazer negócios com agricultores de Shuigang, conseguindo ótimos hortifrutigranjeiros a fim de abastecer toda sua nação. Seu imperador, Zao, exímio e orgulhoso militarista (embora sua baixa estatura não deixe isso bem claro) tornou a abrir um diálogo mais próximo de seus rivais, o reino de Shang Tu. Os feitos de Lilac e seus amigos fizeram com que se torna-se uma pessoa mais flexível e menos preocupado com sua estatura, tendo em vista que suas tropas foram de extrema ajuda a destruir o que sobrou dos domínios de Drevon. Embora ainda guarde uma pequena rixa com seus rivais, detém um grande respeito a força e capacidade intelectual do imponente imperador de Shang Tu, Royal Magister.

    No reino de Shang Tu, onde maioria dos acontecimentos a fim de deter Brevon se desenrolaram, as coisas estavam bem mais tranquilas. Boa parte do exército de Shang Tu conseguiu impedir o restante das forças de Brevon que ainda restaram e, por causa disso, muito de seus melhores guerreiros ajudaram a patrulhar até mesmo as fronteiras entre as nações e sem interesse algum em invadí-los. Pelo contrário, Royal Magister ordenou toda ajuda possível a seus vizinhos e até então reinos rivais a se integrarem e se ajudarem um aos outros. Sua bondade e senso de justiça repercutiu por todos os reinos e sua autoridade o elevou a um nível muito maior que imaginava. Até mesmo Zao insistentemente mandava um de seus conselheiros para pedir sugestões de como administrar sua nação naquela situação que se passava. As tecnologias desenvolvidas por seu reino com extremo sigilo hoje fazem parte de ambas as nações. Royal Magister, ao ser perguntado por General Gong, o seu encarregado mais habilidoso, sobre tamanha benevolência, disse:

    - "Todos sobre essa terra tem seu próprio tempo, seu rito, sua vida. Passamos o tempo todo evoluindo, adquirindo mais e mais conhecimento. Mas dessa vez demos um pulo muito maior nesse desenvolvimento. Nossa tecnologia seria utilizada pensando nesse novo tempo, mas justamente esse novo tempo é o nosso atual.

    Coerência, Gong, coerência? ninguém deve ser privado de sua própria existência. Temos tecnologia para isso e todos devem usá-la?"

    Todas as nações passaram a ser unidas. O propósito mútuo os motivou a ser manterem assim: viver. Viver com harmonia, com as pessoas que gostam e amam.

    ?Sempre estaremos prontos para lutar pelos nossos ideais. Sempre lutaremos contra o mal."

    Sash Lilac


    Somente usuários cadastrados podem comentar! Clique aqui para cadastrar-se agora mesmo!