NOW

  • Enaile
  • Capitulos 8
  • Gêneros Romance e Novela

Tempo estimado de leitura: 3 horas

    18
    Capítulos:

    Capítulo 6

    6

    Álcool, Drogas, Estupro, Hentai, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência

    Vou deixar mais esse hoje de presente pra vcs!

    Sasuke folheava os documentos em um café super conhecido.

    A cafeteria fica no piso superior da loja conceito da Nissan, um edifício super moderno e de alta tecnologia. No local, encontramos algumas áreas de estar com uma grande janela com vista para as ruas movimentadas de Konoha, um dos bairros mais badalados de Tóquio.

    Aquele cafezinho para você sentar, relaxar e colocar em dia a conversa com os amigos. Porém, ele encarava da janela a noite iluminada, tentando se convencer de que estava fazendo o certo com Naruto, já que segundo seu pai, merecia perder tudo.

    Com um ?tablet? uma funcionária da cafeteria tira uma foto do cliente que é enviada automaticamente para uma impressora responsável por imprimir a imagem na espuma do Macchiato (café expresso com uma pequena quantidade de lente quente com espuma).

    Caso não queira utilizar uma foto sua, tem a opção de usar uma foto de algum dos diversos modelos de carro da própria montadora. Em alguns minutos, o machiatto está pronto para ser degustado. Sem dúvidas nenhuma, trata-se de uma experiência fenomenal para quem está visitando a capital Tóquio. Sasuke pediu uma foto aleatória sem pensar muito, assim que veio o machiatto para o Uchiha, ele se lembrou de Sakura, parecia muito os traços dos olhos e do sorriso contido, com ela foi uma conversa diferente e agradável das demais, era uma atmosfera natural e tranquila. Seria possível vê-la de novo?

    O desenho foi desmanchando conforme ele degustava, perdendo a forma da moça que o fez querer mais da companhia, mesmo ele tendo entregado para ela no meio da conversa que era um trapaceiro.

    O problema é que às vezes temos a estranha mania de contar até às piores partes da nossa vida para desconhecidos, a consequência disso, é que se ela se torna importante terá conhecido nosso pior lado.

    Os papéis pareciam encarar ele, sentia cada vez mais necessidade de beber, como fazia com Naruto, cogitou ligar para o loiro, no quarto toque ele atendeu:

    Naruto= Que foi Sasuke?

    Sasuke= Bora encher a cara??

    Naruto= Não dá!

    Sasuke= Humn..

    Naruto= É sério, tô indo pro hospital ver meu pai!

    Sasuke= Marcamos outra hora então!

    Naruto= Depois que sair de lá, nem que seja de madrugada, tô precisando sair!

    Sasuke= Você enche a cara todo dia!

    Naruto= ?.

    O loiro encerrou a ligação, já o Uchiha permaneceu com o celular encostado no ouvido, pensando no que tinha feito ao amigo.

    ####################################

    Hinata passava a mão sobre a barriga, tentando achar sentido em tudo o que rolou na vida por aqueles meses, lágrimas quentea caíam sobre as mãos. Não deixava de pensar naquela criança, inocente e pura, parou para refletir:

    ?Como é o rostinho dele?

    As mãozinhas, o pezinho, a boquinha?

    Tudo tão pequeno, indefeso e frágil!

    Porque ele me escolheu como mãe?

    Eu não sirvo pra ser mãe!

    Uma mãe não tenta nada contra a vida do filho!

    Uma mãe não se entrega a tristeza!

    Uma mãe faz de tudo pelo filho!

    Não sou digna dele, não mereço ver suas mãozinhas, seus pezinhos e sua boquinha!

    Não mereço ser chamada de mãe por uma voz angelical! ?

    _ O que fiz com você?

    Desabou no choro, a fixa finalmente caiu para ela, justamente porque aquele bebê era sua ?Nova Vida?, o amor mais incondicional que existe no mundo estava ali com ela, agora já não importa as circunstâncias que aquela criança chegou até seu ventre, apenas sentia o coração transbordar de vários sentimentos bons.

    Uma enfermeira entrou no quarto, correu até a moça quando viu as lágrimas da mesma.

    _ Você está com dor?

    Hinata ergueu o rosto para ver a funcionária. Sorriu em meio aos pingos salgados.

    _ E vou ser mãe!

    A mulher sorriu em ouvir.

    _ Bem Vinda a esse turbilhão de emoções que é ser mãe!

    Hinata abraçou a enfermeira quando ouviu a felicitação, a alegria dela contagiava o ambiente, sentia vontade de espalhar para o mundo que tinha finalmente percebido o grande significado do que aconteceu com ela. Depois de um tempo, correu para o banheiro tomar um banho.

    #####################################

    Naruto chegou no hospital o mais rápido que pode, enquanto aguardava na recepção, ouviu algo em particular, uma enfermeira pegava o protuario de um paciente enquanto conversava com uma colega:

    _ Foi lindo ver ela sentir aquela alegria por saber que vai ser mãe, dava pra notar que aquela criança tinha mudado a vida dela.

    _ Aí que bom, tantas mulheres tiram, já ela não consegue se conter de tanta felicidade pelo bebê!

    O loiro pegou o crachá que dava autorização para subir, notou que não fazia sentido para ele aquele assunto, segundo ele ?idiota?.

    Quando chegou no quarto, de longe viu seu pai tentando jantar, pela primeira vez depois de dias sorriu. Já tinha um motivo para comemorar com Sasuke.

    Kushina sorriu em ver Naruto entrar feliz no quarto.

    _ Pai!

    O loiro abraçou o pai com lágrimas de recepção, era um ato tão espero que fez Kushina começar a chorar, era realmente lindo de ver.

    Ela abraçou o filho, deixando para trás toda aquela discussão que teve com ele, jogando o assunto que queria ter fora.

    _ Me perdoa mãe! _ O pedido de desculpas veio como um sussurro, deixando a ruiva sem palavras _

    Eu amo muito você!

    _ Eu te amo muito meu filho!

    Minato sorria enquanto comia com dificuldade, Kushina sentou a seu lado para ajudá-lo a se alimentar, enquanto Naruto admirava aquele acontecimento. Era realmente uma felicidade que só, ninguém ali conseguia pensar em tristeza, era uma esperança para dias de glória e muito amor entre eles.

    #####################################

    Sasuke chegou em casa depois de rodar com carro pela cidade, passava da meia-noite, o vazio da casa chegava a fazer eco de tão silencioso, ele tirou os tênis a fim de tomar um banho demorado. Esperava ligação ou mensagem de Naruto, confirmando a noite de curtição, pegou o shampoo em um pote de vidro, enquanto pingava na mão ele ouvia uma música no celular que estava em cima de suas roupas no chão. A música falava sobre um amor que surgia do nada, um amor sem limites, impulsivo e devastador.

    Desligou a chuveiro depois de 40 minutos de baixo da água, vestiu as roupas antes de sair do banheiro.

    Na cozinha tirou um bolo de chocolate recém comprado, separou a fatia já cortada, com o garfo devorou em questão de segundos o doce tão saboroso quanto um beijo. Pegou o celular em cima o balcão da cozinha, nele contia a mensagem de Naruto?.


    Somente usuários cadastrados podem comentar! Clique aqui para cadastrar-se agora mesmo!