Meu Neko Sasuke

Tempo estimado de leitura: 2 horas

    18
    Capítulos:

    Capítulo 1

    Prólogo

    Hentai, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência

    Olá pessoal!

    Novamente trazendo mais outra se minhas histórias para o site.

    Queria deixar claro que a fanfic é Sasusaku.

    A história é inspirada no livro a Maldição do Tigre.

    A fanfic é totalmente narrada pela Sakura e tem cinco fases.

    Espero que gostem.

    Boa Leitura.

    Ele se amaldiçoava internamente por ter deixado aquela situação chegar aquele extremo. Sabia que Orochimaru não era de confiança, e mesmo assim, deixou com que seu pai, o imperador, o nomeasse como o conselheiro real. Ele tinha que ter feito alguma coisa, ele tinha que ter impedido aquilo. Orochimaru havia manipulado a todos naquele castelo e traçado um plano para acabar com todo o seu clã.

    O inimigo estava embaixo de seus narizes esse tempo todo, e agora era tarde demais. O seu clã estava todo aniquilado.

    Agora ele corria por aqueles corredores poucos iluminados pelas poucas velas que ainda estavam acesas, ele tinha que achar Itachi, sua única família ainda vida. Suas vestes estavam sujas de terra e sangue depois da batalha que tivera há pouco tempo. Ofegava, sentindo o cansaço se apoderar aos poucos em seu corpo, mas não podia ceder ao cansaço, ele tinha que parar Orochimaru, mesmo que suas chances fossem quase nulas.

    Entrou no grande salão totalmente destruído e logo no canto escuro viu Itachi de joelhos, em frente a um corpo desfalecido no chão. Ele urrava agarrado ao corpo de sua esposa Aika.

    Sasuke pensou em correr até o irmão descontrolado, mas ficou imóvel no portal quando sentiu a presença do homem que causou o caos no seu clã.

    Orochimaru estava a vários metros, em pé, em frente à Itachi, e um sorriso diabólico estava em seu rosto enquanto fitava a cena dolorosa de seu irmão.

    - Olha quem chegou para a festa? - a voz de Orochimaru sobressaiu aos berros dolorosos de Itachi e o fitou.

    - O que você fez? - Sasuke conseguiu com muito custo fazer sua voz sair, estava chocado com o estado em que seu irmão estava.

    Uma risada debochada e sombria ecoou pelo salão, fazendo Sasuke sacar sua espada e correr para perto de Itachi, colocando uma mão em seu ombro.

    - Dei um jeito nessa intrometida, ela sabia demais. - respondeu Orochimaru, fazendo Sasuke desviar os olhos de sua cunhada morta nos braços de Itachi para ele.

    - Você é um monstro! - ralhou Sasuke, sentindo a fúria fazer seu sangue subir. - Ela estava grávida!

    Aika estava grávida do primogênito de Itachi, os dois estavam casados há seis meses, e sabia o quanto seu irmão estava radiante e esbanjando alegria pelos quatro cantos do castelo pelo fato de ser pai. Era doloroso agora vê-lo naquele estado lamentável enquanto chamava pelo nome da esposa. Ele não merecia isso.

    - Menos um Uchiha no mundo.

    As palavras de Orochimaru pareceu fazer Itachi despertar, e num segundo ele estava no chão com Aika e no outro ele havia roubado a espada de Sasuke e agora corria em direção a Orochimaru.

    - Morra, seu demônio! - o grito estrangulado de Itachi fazia eco naquele salão enquanto aproximava-se mais e mais do assassino de sua esposa.

    Num movimento rápido, Orochimaru conseguiu se desviar do ataque, ficando atrás de Itachi, dando um chute em suas costas, o fazendo ir no chão.

    - Itachi! - Sasuke o chamou, temendo o pior pelo seu irmão.

    Itachi nunca foi um guerreiro que nem Sasuke, ele optava por ficar cuidando da burocracia do clã enquanto Sasuke preferia as batalhas para defender suas terras e o império.

    Orochimaru soltou uma risada em escárnio, enquanto tirava um amuleto de dentro de seu kimono.

    Sasuke correu até seu irmão e o impediu de um possível ataque contra Orochimaru.

    - Itachi, se acalme!

    Itachi soltou-se de seu irmão e fitou Orochimaru.

    - Eu só vou me acalmar quando eu arrancar a cabeça desse bastardo miserável.

    - Mas do jeito que você está agindo você vai acabar morto. - Sasuke o empurrou, fazendo o mais velho dar alguns passos para trás.

    Itachi olhou para Sasuke com mais ferocidade.

    - Eu não importo - sua voz era dolorosa. -, esse monstro tirou a minha mulher e meu filho de mim, para que eu vou continuar vivendo?

    - Eu poderia ficar aqui escutando a briguinha dos irmãos, mas acho que não estou com muito tempo. - a voz de Orochimaru trouxe a atenção dos Uchiha para si.

    - Seu miserável, meu pai confiou em você. - disse Sasuke pegando sua espada jogada no chão.

    - O que foi um erro dele, pequeno Uchiha. - Orochimaru sorriu. - Mas agora darei a vocês o que merecem.

    Orochimaru ergueu o medalhão, e antes que os irmãos tivesse a chance de reagir, uma luz forte invadiu todo o salão, fazendo tanto Sasuke quanto Itachi fechar os olhos. Depois de alguns segundos aquela luz acessou, fazendo o local voltar a pouca iluminação de antes.

    A risada maligna de Orochimaru ecoou por todo o local, fazendo Sasuke abrir seus olhos e fitá-lo. Mas alguma coisa estava errada. Orochimaru estava muito maior que o normal. Não. Ele percebeu. Era ele que estava menor, num corpo de um animal, excepcionalmente num corpo de um gato.

    Sasuke não pode evitar que seu coração disparasse, aquele homem era um demônio. Olhou para o seu lado, percebendo seu irmão na mesma situação que se encontrava. Itachi estava confuso e seus olhos opacos estavam incrédulos.

    - Os Filhos de Fugaku no corpo de míseros gatos. - Orochimaru riu mais. - Pena que o Imperador não está mais vivo para ver como vocês estão.

    Sasuke percebeu um movimento ao seu lado e viu seu irmão correr para fora do salão.

    Ele estava fugindo.

    Não sabia como reagir naquele momento, e talvez fugir seria melhor do que ficar ali e esperar sua morte. E assim ele fez.

    - Isso, corram, agarre-se nessas suas vidas miseráveis, pois é isso que será daqui para frente. Irão viver pela eternidade num corpo de um animal.

    Nenhum dos dois irmãos estavam ali para escutar o que Orochimaru disse, estavam assustados demais com que haviam acontecido.


    Somente usuários cadastrados podem comentar! Clique aqui para cadastrar-se agora mesmo!